Angela Merkel anuncia novas medidas contra Covid-19 na Alemanha
Reprodução: iG Minas Gerais
Angela Merkel anuncia novas medidas contra Covid-19 na Alemanha

A chanceler Angela Merkel, confirmou nesta terça-feira (5) a prorrogação do lockdown na Alemanha até o fim de janeiro. "Precisamos restringir ainda mais os contatos. Pedimos a todos os cidadãos que diminuam seus contatos próximos ao nível mínimo possível", reforçou Merkel.

A medida busca aliviar o impacto da segunda onda da Covid-19 no país, que eleva os números de mortes e casos causados pela doença. Até então, o objetivo era de que o confinamento durasse até o dia 10 de janeiro. Nesta terça, porém, as restrições foram estendidas.

Além do prazo, novas regras foram adotadas pelo governo, como o isolamento de moradores de zonas consideradas "focos" da doença, que não devem se deslocar por mais de 15 quilômetros de sua residência sem uma justificativa relevante. Também serão restritos os encontros privados entre moradores de casas diferentes, permitindo apenas a entrada de uma pessoa por visita.

Passageiros de outros países que chegarem à Alemanha vindos de áreas consideradas de risco, como o Brasil, precisarão apresentar dois testes negativos para o coronavírus, sendo o primeiro antes do embarque o segundo após uma quarentena de cinco dias dentro do país. Os eventos religiosos estão permitidos sob regras de higiene, porém cantos - que causam espalhamentos de gotículas - são proibidos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários