A ação faz parte do projeto Universidade do Bem, que, desde o início da pandemia, tem arrecadado donativos e promovido ações em prol da saúde em todos os estados do Brasi
Divulgação
A ação faz parte do projeto Universidade do Bem, que, desde o início da pandemia, tem arrecadado donativos e promovido ações em prol da saúde em todos os estados do Brasi


Apesar do colapso no seu sistema de saúde - devido ao aumento exponencial de pessoas infectadas com a Covid-19  -, que está provocando escassez de leitos e insumos nos hospitais, o Estado do Amazonas respira graças à solidariedade

Na tentantiva de minimizar a crise pandêmica , principalmente na capital Manaus, o grupo Ser Educacional, mantenedor das marcas Uninorte, Uninassau, Unama, UNG, Universitas, Uninabuco, Unifacimed e Unijuazeiro, está promovendo uma campanha para ajudar os hospitais da região e todas as famílias afetadas pela doença.    

A ação faz parte do projeto Universidade do Bem, que, desde o início da pandemia, tem arrecadado donativos e promovido ações em prol da saúde em todos os estados do Brasil. 

"Estamos acompanhando a situação em Manaus e não podemos ficar parados. O Ser Educacional sempre teve como pilar a Responsabilidade Social e agora não será diferente. Vamos fazer tudo o que está ao nosso alcance para que possamos ajudar a população a superar essa crise na saúde", afirma Jânyo Diniz, presidente do grupo Ser Educacional. 

Entre as ações emergenciais promovidas pela campanha, estão a compra de insumos para os hospitais, a abertura de uma casa de acolhimento para os familiares que moram em outras regiões do estado, o cadastramento de voluntários, abertura de pontos de arrecadação de donativos em todo o país, a criação de uma vaquinha virtual e a disponibilização de prédios da UniNorte para serem usados como pontos de vacinação.

Além disso, o projeto também conta com a montagem de diversas tendas solidárias, onde serão disponibilizados apoios jurídico, psicológico e fisioterápico gratuitos para familiares das vítimas internadas com o coronavírus.  

Você viu?

Casas de acolhimento   

A UniNorte irá disponibilizar o prédio da unidade 11 para funcionar como casa de acolhimento para familiares. Ela será voltada para abrigar acompanhantes de vítimas da Covid-19 que estejam em tratamento na capital. No total, serão disponibilizadas 50 vagas, com oferta de dormitórios, refeições e traslados.    

Tendas solidárias

Serão instaladas tendas nas principais Unidades de Saúde que atendem pacientes com a Covid-19. Nelas serão feitas triagens para atendimento psicossocial, jurídico e fisioterápico, realização de testes rápidos de coronavírus e ofertas de lanches.

A proposta já foi enviada ao Governo Estadual e Municipal está no aguardo da aprovação. Em caso de liberação, os pontos de apoio ficarão em hospitais como: HUGV, 28 de Agosto, SPA São Raimundo, SPA do Coroado e SPA Alvorada. 

Vakinha on-line e doações presenciais   

Interessados em contribuir com a campanha poderão realizar a sua  doação virtualmente ou se dirigir à unidade 11 da UniNorte para fazer a sua doação pessoalmente. Os alimentos e materiais recebidos serão repassados para unidades de saúde e familiares.  


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários