Estado de São Paulo atinge maior ocupação de leitos de UTI da história da pandemia
Reprodução
Estado de São Paulo atinge maior ocupação de leitos de UTI da história da pandemia


O estado de São Paulo atingiu, nesta semana, o nível mais preocupante de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva desde o início da pandemia. De acordo com o secretário estadual de saúde, Jean Gorinchteyn, até as 10h30 da manhã desta segunda-feira (22) o estado contava 6.288 pacientes graves internados.

Em julho de 2020, momento mais crítico até então, 6.257 pessoas foram internadas. O número de internações corresponde à ocupação de 67,8% dos leitos no estado e 67,7% na grande São Paulo. Além dos pacientes em UTI, 7.196 pessoas recebem tratamento da Covid-19 em enfermarias.

Ao todo, 1.978.477 casos já foram confirmados em São Paulo. 57.842 óbitos pela doença foram confirmados. De acordo com o boletim, houve ainda um aumento de 5,6% no número de internações entre esta semana e a anterior. O estado também registrou queda de 9,5% no número de casos e 5,5% de óbitos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários