undefined
undefined
undefined

O Insituto BUtantan, que coordena a pesquisa "projeto S" - que busca identificar a redução de contágio da Covid-19 após vacinação - iniciou nesta quarta-feira (17) a segunda fase do estudo. A eficácia e a segurança do imunizante já foram comprovadas por meio de testes de fase 3 com 12,5 mil voluntários em 16 centros de pesquisa brasileiros.

Assim como no caso da primeira dose, a aplicação do segundo ciclo da vacinação ocorrerá em moradores voluntários, que seguem uma ordem de grupos determinada pelo estudo. A ação separou a cidade por grupos conhecidos como clusters e identificados pelas cores verde, amarelo, cinza e azul. Semanalmente os participantes de cada cluster puderam se apresentar em um dos oito centros instalados na cidade para iniciar sua participação no estudo clínico.

O município de Serrana foi escolhido para sediar o projeto por apresentar alto índice de prevalência de infecções por Sars-Cov-2, além de ter um hospital público estadual e ficar próximo a um centro universitário, entre outros fatores. O objetivo é estudar o impacto epidemiológico da vacinação no conjunto da população adulta, sob o ponto de vista de contenção da pandemia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários