Média de ocupação entre hospitais públicos e privados é de 96,6% em Belo Horizonte
Foto: Tempura/iStock
Média de ocupação entre hospitais públicos e privados é de 96,6% em Belo Horizonte

Um relatório da prefeitura de Belo Horizonte aponta que, neste momento, não há mais leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis para pacientes com Covid-19 na rede privada da capital mineira. Ainda de acordo com os dados, 102,8% dos 356 leitos da cidade estão ocupados.

Além dissos, o sistema público de saúde não está distante da lotação máxima, com 91,1% de ocupação dos leitos. A média de ocupação, então é de 96,6% de acordo com os dados da quarta-feira (17). A pressão no sistema de saúde ocorre em todo o Brasil desde fevereiro, levando muitos municípios ao colapso.

Para tentar contar os índices de casos, mortes e internações pela doença - que segue aumentando o o risco de deixar pacientes sem atendimento devido à falta de leitos disponíveis para um aumento tão repentino - a prefeitura de Belo Horizonte e o governo estadual de Minas Gerais determinaram a classificação mais rígida de contingência até o momento, permitindo apenas o funcionamento de serviços considerados essenciais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários