Ordem de vacinação de pessoas com comorbidaes ainda não foi definida pelo governo federal
Reprodução
Ordem de vacinação de pessoas com comorbidaes ainda não foi definida pelo governo federal

O governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira (14) as datas de vacinação de idosos de 60 a 64 anos, finalizando a etapa de imunização deste grupo prioritário . Ao término da fase, será iniciada a imunização de pessoas com comorbidades. As prioridades, porém, ainda não foram definidas pelo Plano Nacional de Imunização do governo federal.

Ao iG , a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula , afirmou que São Paulo aguarda um estudo que está sendo feito pelo Programa Nacional de Imunização, e que só será possível definir os próximos grupos prioritários com a chegada de novos lotes da vacina da Fiocruz/Oxford.

"Nós não temos — e nenhum estado tem — quais são essas comorbidades em termos de números. Nós temos um estudo aproximado, que é do Vigitel [sistema de Vigilância de Fatores de Risco para Doenças Crônicas Não Transmissíveis do Ministério da Saúde]. A partir disso, nós vamos modelar e faremos isso de acordo com a chegada de novas vacinas", afirmou.

Segundo Regiane , boa parte das pessoas com comorbidades já estão sendo vacinadas, já que muitas delas têm mais de 60 anos. A coordenadora do Plano Estadual de Imunização também disse que ainda não existe uma definição sobre como as comorbidades devem ser comprovadas.

"A maneira como vamos avançar ainda alinharemos junto ao PNI, lembrando que o estado de São Paulo , pelo tamanho da população, necessita de mais doses da vacina. Chegando as doses da Fiocruz, teremos como avaliar melhor. Mas o trabalho tem sido consistente dentro da Secretaria da Saúde de SP e Plano Estadual de Imunização."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários