A secretária Patrícia Ellen destacou também o recuo na taxa de ocupação de leitos de UTI no estado, que chegou a 81,6%
Foto: Divulgação/Governo de São Paulo
A secretária Patrícia Ellen destacou também o recuo na taxa de ocupação de leitos de UTI no estado, que chegou a 81,6%

As internações por Covid-19 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do estado de São Paulo caíram 25% após a fase emergencial, garaniu Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico. A informação foi divulgada em entrevista à CNN.

"Como referência, as internações em UTI caíram ainda mais, o número completo das últimas duas semanas está dando 25% de queda. Nessa última semana, tivemos uma queda de 8,6%", detalhou Patrícia Ellen.

A secretária destacou também o recuo na taxa de ocupação de leitos de UTI no estado, que chegou a 81,6%. "Esperamos que isso se mantenha e por isso a fase de transição é tão importante", completou.

Sobre o estado ter um número muito alto de internações diárias, cerca de 2,4 mil ante 2 mil na primeira onda, a secretária explicou que por isso é necessária uma fase de transição na reabertura do comércio em geral. "Por isso temos a questão da ocupação [máxima de 25%], o toque de recolher, o teletrabalho para atividades não essenciais e o escalonamento da entrada e saída do comércio, serviços e indústria", disse.

Desde o domingo (18), o comércio e atividades reliogosas estão autorizados a reabrir. A partir do próximo sábado (24), restaurantes, salões de beleza e atividades culturais também podem funcionar das 11h às 19h. Já as academias têm horários específicos, das 7h às 11h e das 15h às 19h. .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários