Consórcio de prefeitos tentam doação de vacina da AstraZeneca
Reprodução: ACidade ON
Consórcio de prefeitos tentam doação de vacina da AstraZeneca

O embaixador americano no Brasil, Todd Chapman, recebeu nesta quarta-feira (28) um pedido do consórcio de prefeitos para que os Estados Unidos doem 6 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19. A solicitação foi feita em "caráter de urgência" para que os municípios possam  vacinar os profissionais da educação básica. 

No documento, os prefeitos parabenizam os EUA pelo êxito na vacinação e pela possibilidade de doação de 60 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca . Foi pedido, também, uma reunião virtual com o embaixador estadunidense para que o tema seja discutido.

Os membros do consórcio utilizaram como argumento o aparecimento de "novas variantes brasileiras potencialmente mais graves" e também o fato do imunizante da AstraZeneca já ser aprovado pela agência regulatória do Brasil, a Anvisa.

No texto, os prefeitos fazer crítica ao governo federal pela falta de coordenação do Plano Nacional de imunização. "Em nossa federação, o governo federal faz a aquisição das doses de vacinas, os estados intermediam a entrega aos municípios, que são os entes com a missão de efetivamente vacinar a população. No entanto, devido a dificuldades de coordenação nacional, e como defensores e aliados da garantia de acesso universal à saúde, protegida pela Constituição brasileira, os prefeitos reúnem esforços para fortalecer o Programa Nacional de Imunização, do Sistema Único de Saúde (SUS)."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários