Segundo a pasta, a vacina será destinada para pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, e pessoas com deficiência permanente
Foto: Thinkstock/Getty Images
Segundo a pasta, a vacina será destinada para pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, e pessoas com deficiência permanente

O Ministério da Saúde começa a distribuir, nesta segunda-feira (3), 1 milhão de doses da vacina da Pfizer/BioNTech aos 26 estados do país e ao Distrito Federal. A distribuição começa após pedido de estados e municípios, que solicitaram mais tempo para organizar o armazenamento do imunizante, que precisa ser mantido em temperaturas baixas.

No total, a pasta recebeu 1 milhão de doses na última quinta (29/4). Nesta remessa, serão enviadas 499,5 mil doses para a primeira aplicação, divididas de forma proporcional e igualitária entre todos os estados e Distrito Federal. As doses para a segunda aplicação serão distribuídas nas próximas semanas.

De acordo com o ministério, a vacina da Pfizer está sendo destinada para vacinação de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, e pessoas com deficiência permanente. A comprovação das comorbidades pode ser realizada com exames, receitas, relatório ou prescrição médica, entre outros.

Você viu?

Armazenamento

A logística de distribuição das vacinas da Pfizer foi montada levando em conta as suas condições de armazenamento, que difere dos demais insumos já adquiridos e distribuídos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

No Centro de Distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos, as doses estão armazenadas a uma temperatura de -90 graus Celsius (°C) a -60°C. Ao serem enviados aos estados, os imunizantes estarão expostos a temperatura de -20°C. Nas salas de vacinação, onde a refrigeração é de 2ºC a 8°C, as doses precisam ser aplicadas em até cinco dias.

Por causa dessas particularidades, o Ministério da Saúde orienta que, neste momento, a vacinação com o imunizante se restrinja às 26 capitais brasileiras e ao Distrito Federal, de forma a evitar prejuízos e garantir o esquema vacinal de 12 semanas entre uma dose e outra.

Doses distribuídas

De acordo com nota do Ministério distribuída hoje, a campanha de vacinação contra a covid-19, que começou em 18 de janeiro já distribuiu cerca de 70 milhões de doses, incluindo este lote da Pfizer, alcançando aproximadamente 43,7 milhões de brasileiros.O andamento da vacinação no país pode ser acompanhado pela plataforma LocalizaSUS.

Veja quantas doses cada estado deve receber: 

Rondônia – 3.510
Acre – 1.170
Amazonas – 5.850
Roraima –1.170
Pará – 14.040
Amapá –1.170
Tocantins – 3.510

Norte: 30.420

Maranhão – 10.530 
Piauí – 5.850
Ceará – 17.550
Rio Grande do Norte – 7.020
Paraíba – 8.190
Pernambuco – 17.550 
Alagoas – 7.020
Sergipe – 4.680
Bahia –26.910 

Nordeste: 105.300

Minas Gerais – 50.310
Espírito Santo – 10.530
Rio de Janeiro – 46.800
São Paulo – 135.720

Sudeste: 243.360

Paraná – 32.760
Santa Catarina – 17.550
Rio Grande do Sul – 32.760

Sul: 83.070

Mato Grosso do Sul – 7.020
Mato Grosso – 7.020
Goiás – 17.550
Distrito Federal – 5.850

Centro-Oeste – 37.440

Total de doses a serem distribuídas às capitais: 499.590.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários