Vacina de Oxford e da farmacêutica AstraZeneca
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Vacina de Oxford e da farmacêutica AstraZeneca

Estados e Distrito Federal começam a receber a partir desta quinta-feira (6) um novo lote de vacinas contra a Covid-19 Covid-19. O Ministério da Saúde está enviando para todo o Brasil 3,9 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, adquiridas por meio do consórcio Covax Facility . O imunizante foi produzido na fábrica da farmacêutica na Coreia do Sul e chegou ao Brasil no último fim de semana.

De acordo com a pasta, a nova remessa é dividida de forma proporcional e igualitária entre as Unidades Federativas. O novo lote é destinado para a primeira dose de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, e de pessoas com deficiência permanente. As orientações estão no 16° informe técnico da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS).

Por meio de nota, o Ministério da Saúde diz que já prepara o envio de novos lotes de vacinas contra a Covid-19 do Instituto Butantan e da Pfizer/BioNTech. A pasta aguarda a chegada de 1 milhão de doses da CoronaVac para iniciar a distribuição, elas serão destinadas para a segunda dose da população. 

A partir da próxima segunda-feira (10), mais 1,1 milhão de doses da Pfizer também começam a ser enviadas para as 27 capitais brasileiras, para a primeira dose de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, e de pessoas com deficiência permanente.

Até o momento, foram repassadas 73,9 milhões de doses aos estados. Estima-se que cerca de 45,7 milhões de brasileiros tenham sido vacinados. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários