Insumos para a vacina devem ser enviados na próxima sexta (21)
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Insumos para a vacina devem ser enviados na próxima sexta (21)

Nesta segunda-feira (17), o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, disse que os próximos dois lotes de insumos para a vacina produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) devem ser enviados ao Brasil na próxima sexta-feira (21).

Na última semana, a Fiocruz havia dito que o estoque do ingrediente farmacológico ativo (IFA) estava baixo. Grande parte do material é importado da China, mas oposicionistas acreditam que as declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o país prejudicam as relações diplomáticas e interferem na demora do envio do ativo.

De acordo com Rodrigo Cruz, a quantidade que será enviada é suficiente para a produção de aproximadamente 18 milhões de doses da vacina da AstraZeneca . "A gente recebeu hoje [segunda] a confirmação de envio de dois lotes no dia 21 de maio. Então a gente teria dois embarques, um confirmado para o dia 21 e um planejado para dia 29, com chegada para o dia 29. A boa notícia é que hoje recebi a confirmação de que esses dois lotes vão ser embarcados no dia 21 de maio", disse.

No entanto, pela manhã, o secretário disse que ainda não há previsão para a chegada do IFA para a produção da vacina do Butantan, que teve a produção paralisada no fim da semana passada por falta de insumos. "Hoje teremos a confirmação. Ainda há pouco saiu no noticiário dia 20, mas há uma expectativa que chegue aqui por volta do dia 25, mas ainda pendente de confirmação por parte da China", afirmou.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), publicou em seu perfil das redes sociais no início da tarde de hoje que um lote com 4 mil litros do ativo para a Coronavac deve ser enregue no próximo dia 26, suficientes para a produção de 7 milhões de doses.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários