Brasil registrou 1,6 mil mortes em 24 horas
Reprodução: BBC News Brasil
Brasil registrou 1,6 mil mortes em 24 horas



Dados do Conselho Naciona de Secretários de Saúde (Conass) aponta que o Brasil registrou 1.635 novas mortes por Covid-19 e soma 523.587 óbitos pela doença desde o início da pandemia no país. As informações foram atualizadas pelo Conass na tarde deste sábado (03). 

De acordo com o levantamento, o país registrou 54.556 mil novos casos da doença em 24 horas. Com isso, o Brasil ultrapassa a marca de 18.742.025 diagnósticos confirmados da doença.

O estado de São Paulo foi o que registrou o maior número de casos e mortes por Covid-19 neste sábado. Os dados mostram que foram registrados 16,6 mil novos diagnósticos e 532 óbitos em 24 horas. 

Você viu?

Já o Acre obteve o menor número de casos, com 74, enquanto o  Amapá registrou o menor número de mortes, com dois óbitos. 

O estado da  Ceará  foi não apresentou os dados ao Conass neste sábado. A secretaria de saúde informou que o sistema de registro apresentou problemas técnicos, mas ressaltou que deve ser solucionado neste domingo (04).

Vacinação

O painel de vacinação contra a Covid-19 do Ministério da Saúde informou que até o momento 104 milhões doses foram aplicadas. Os dados mostram que pouco mais de 76,8 milhões receberam apenas a primeira dose, enquanto 27,2 milhões já estão totalmente imunizados.

Segundo o levantamento, São Paulo é o estado que apresenta o maior número de imunizados, com 23.887.012 pessoas vacinadas. Roraima tem 222.025 imunizados, o estado com menor índice de vacinação.

Nesta semana, o imunizante da AstraZenica ultrapassou a CoronaVac em número de doses aplicadas. De acordo com a pasta, 44,9 milhões de doses da vacina fabricada pela Oxford em parceria com a Fiocruz foram aplicadas, enquanto a do Butantan foi aplicada em 43,5 milhões de brasileiros. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários