Maya Griesemer, 7, recebe uma primeira dose da vacina da doença coronavírus Pfizer-BioNTech (COVID-19) da clínica escolar das Escolas Públicas de Seattle em Bailey Gatzert Elementary em Seattle, Washington
Matt Mills McKnight / Reuters
Maya Griesemer, 7, recebe uma primeira dose da vacina da doença coronavírus Pfizer-BioNTech (COVID-19) da clínica escolar das Escolas Públicas de Seattle em Bailey Gatzert Elementary em Seattle, Washington

Pouco mais de uma semana após darem início à imunização de crianças entre 5 e 11 anos, os Estados Unidos estão próximos de atingir a marca de 1 milhão de crianças com pelo menos a primeira dose da vacina Pfizer aplicada, segundo a Casa Branca. A vacinação dos pequenos começou no dia 3 de novembro.

"Uma vez que nosso programa só está totalmente em funcionamento essa semana, ao final do dia de hoje, estimamos que mais de 900 mil crianças de 5 a 11 anos já terão recebido sua primeira dose", disse Jeff Zients, coordenador da Covid-19 da Casa Branca. 

O coordenador disse que foram recebidas aproximadamente 28 milhões de doses especificamente formuladas para todas as crianças dessa faixa etária, sendo 15 milhões delas disponíveis nesta primeira semana.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, a covid-19 segue sendo a principal doença combatível por vacinas a causar a morte de crianças nos Estados Unidos. 66 crianças faleceram por causa dela no ano passado.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários