A medida abre caminho para a vacinação infantil enquanto a Europa luta contra um aumento de infecções
Matt Mills McKnight / Reuters
A medida abre caminho para a vacinação infantil enquanto a Europa luta contra um aumento de infecções

A Agência Europeia de Saúde (EMA) aprovou o uso da vacina da Pfizer contra Covid-19 para crianças entre cinco e 11 anos nesta quinta-feira. A medida abre caminho para a vacinação infantil enquanto a Europa luta contra um aumento de infecções.

A vacina da Pfizer-BioNTech, aprovada desde maio para uso em adolescentes entre 12 e 17 anos na União Europeia, será administrada em duas doses de 10 microgramas com intervalo de três semanas. Doses da vacina em adultos contêm 30 microgramas.

A aprovação vem no momento em que a Europa é novamente o epicentro da pandemia, sendo responsável por cerca de metade dos casos e mortes.

As empresas afirmaram que sua vacina, Comirnaty, mostrou 90,7% de eficácia contra a Coviod-19 em um ensaio clínico com crianças de 5 a 11 anos.

"Os benefícios da Comirnaty em crianças de 5 a 11 anos superam os riscos, particularmente naquelas com condições que aumentam o risco de Covid-19 grave", disse a agência europeia.

Leia Também

Embora a aprovação final caiba à Comissão Europeia, normalmente o órgão segue as recomendações da EMA.

"A recomendação de hoje é clara: a vacina BioNTech-Pfizer é segura e eficaz para crianças pequenas e pode oferecer proteção adicional", disse a comissária de saúde da UE Stella Kyriakides no Twitter.

Os países só devem começar a vacinar as crianças mais novas no mês que vem. O primeiro lote de imunizantes da versão pediátrica, com baixa dosagem, só será entregue em 20 de dezembro, segundo a BioNTech.

A UE junta-se a um número crescente de países, incluindo os Estados Unidos, Canadá, Israel, China e Arábia Saudita, que aprovaram diferentes vacinas para crianças a partir dos 5 anos.

Dezenas de milhões de crianças nesta faixa etária serão elegíveis para a vacinação na UE. A Alemanha receberá 2,4 milhões de doses com o primeiro carregamento, o suficiente para inocular cerca de metade das crianças do país com idades entre 5 e 11 ano

Para vacinação pediátrica, o regulador norte-americano autorizou uma nova versão da vacina, que usa um novo tampão e permite que sejam armazenadas em geladeiras por até 10 semanas.

Drop here!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários