Vírus da Covid-19
Pixabay
Vírus da Covid-19

O Brasil registrou mais 314 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados do Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Connas) divulgados neste domingo (13). Com isso, o país atinge a marca de 638.362 óbitos registrados desde o início da pandemia.

Entre sábado e domingo, o Conass registou 54.220 novos diagnósticos da doença, totalizando 27,4 milhões desde o início da pandemia.

Os casos têm crescido no Brasil devido à proliferação da variante Ômicron. Entretanto, a relação casos/morte tem caído no país com o avanço da vacinação.

Minas Gerais foi o estado que registrou o maior número de casos. Segundo a secretaria da saúde, 7.987 diagnóstico foram confirmados neste domingo.

Já o Rio de Janeiro apresentou o maior número de mortes em 24 horas. Foram 66 óbitos registrados entre sábado e domingo.

O Acre registrou apenas 13 novos casos da doença, sendo o estado com menor índice de contágio, segundo o Conass, enquanto o Amapá foi a única unidade federativa que não registrou mortes.

Leia Também

Mato Grosso, Tocantins e Distrito Federal não apresentaram dados atualizados neste domingo. As informações devem ser prestadas ao Conass nesta segunda-feira (14).

A média móvel dos últimos sete dias ficou em 881 mortes diárias e 135 mil casos. O Ministério da Saúde prevê o pico de casos e mortes da doença na última semana de fevereiro. São esperados cerca de 1.000 óbitos diários.

Após esse período, a expectativa é a redução na quantidade de casos e mortes.

Vacinação

Dados do Ministério da Saúde mostram que 151,2 milhões de brasileiros estão totalmente imunizados contra a Covid-19.

São Paulo continua sendo o estado com maior número de vacinados. Cerca de 36,6 milhões de moradores foram imunizados com as duas doses no estado.

O Amapá é o estado com maior atraso na vacinação. Pouco mais de 317 mil pessoas estão totalmente imunizados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários