A doença atinge cerca de 5,8% da população brasileira, segundo dados da OMS
shutterstock
A doença atinge cerca de 5,8% da população brasileira, segundo dados da OMS

Sentir-se triste é algo que acontece com todo mundo, todos já passaram por uma fase de se sentir desanimado e ter vontade de apenas ficar deitado na cama, quando a disposição está baixa.

Porém, quando esse sentimento de tristeza e desânimo ocorre de forma muito recorrente é importante ficar atento, pois pode ser um sintoma de depressão, um dos transtornos mentais mais comuns da atualidade.

Depressão ainda é uma doença tabu , pois é vista por boa parte da população como “frescura” ou “falta do que fazer”. O resultado disso são pessoas sofrendo anos em silêncio por medo de serem taxadas de tal forma, podendo, em casos muitos avançados, tirarem suas próprias vidas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) o Brasil é o segundo país da América a ter mais casos de depressão , com 5,8% da população, atrás apenas dos Estados Unidos, com 5.9%.

Você viu?

Na pandemia , é mais importante estar atento a esses sinais, pois o isolamento social, os altos índices de desemprego e a falta de perspectivas gerais para o futuro podem ser gatilhos para quem já tem uma pré-disposição a desenvolver depressão.

Diferença entre depressão e tristeza

A tristeza pode ocorrer em diversas situações como a perda de uma pessoa querida, o fim de um relacionamento, a perda de um emprego, conflitos familiares, insatisfação com conquistas pessoais , dentre outras razões. Esse sentimento é apropriado diante de um evento, e não dura mais que algumas horas ou dias.

Já a depressão é um constante sentimento que se manifesta durante a maior parte do dia, quase que diariamente por no mínimo de duas semanas. A tristeza não impede o indivíduo de continuar suas atividades cotidianas, a depressão, por sua vez, incapacita as atividades do dia a dia, trazendo consigo um grande sentimento de apatia.

Para participar da  Semana da Saúde e obter informações, inscreva-se neste formulário e ainda ganhe 5 e-books, sobre os temas da Semana, gratuitamente, sem sorteio:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários