Tamanho do texto

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, estado do Rio imunizou 2,6 milhões de pessoas, ou seja, apenas 54,5% do público-alvo da campanha

Vacinação
Rovena Rosa/Agência Brasil
Expectativa do Ministério da Saúde é conseguir atingir mais de 90% do público-alvo no estado

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro decidiu prorrogar por mais 15 dias a vacinação contra a gripe. A campanha nacional se encerra na próxima sexta-feira (31), mas as autoridades sanitárias resolveram fazer a imunização até o dia 15 de junho nos 92 municípios do estado.

Leia também: Três em cada cinco substitutos de cubanos trocaram Mais Médicos por residência

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o estado do Rio de Janeiro imunizou 2,6 milhões de pessoas contra a gripe , ou seja, apenas 54,5% do público-alvo, a menor cobertura vacinal entre todas as unidades da federação e a única com menos de 60%. Com a extensão do prazo, a Secretaria de Saúde espera ampliar esse percentual para 90% - ou 4,9 milhões de pessoas.

De acordo com a Superintendência de Vigilância Epidemiológica do estado, foram notificados, neste ano, 77 casos de influenza , com 18 mortes. No ano passado, foram 233 casos, com 30 mortes.

O público-alvo inclui crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), idosos, gestantes e mães com até 45 dias após o parto.

A vacina também está disponível a jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa e população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, independentemente da idade.

Leia também: Síndrome ligada ao esgotamento profissional entra para a lista de doenças da OMS

Professores das escolas públicas e privadas, policiais civis e militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas também podem se vacinar.