PEQUIM - A comissão de saúde de Hubei informou que 94 pessoas morreram nesta terça-feira em decorrência do novo coronavírus na província. Até o momento, a doença batizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de COVID-19 provocou a morte de 1.111 pessoas.

Leia mais: Hospital confirma morte de médico que alertou o mundo sobre coronavírus

vacina arrow-options
shutterstock
China notifica mais 94 casos de morte por Covid-1, a doença causada por coronavírus

Houve mais 1.638 casos detectados em Hubei — cuja capital é Wuhan, onde a epidemia de coronavírus começou —, elevando o total no país para mais de 44 mil.

Horas antes da OMS dar nome à doença causada pelo novo coronavírus, Ghebreyesus advertiu que o vírus representa uma "ameaça muito grave" para o mundo, ao inaugurar uma conferência sobre pesquisa de combate à epidemia.

— Com 99% dos casos na China, (a epidemia) continua constituindo uma verdadeira emergência para este país, mas também é uma ameaça muito grave para o resto do mundo — afirmou Ghebreyesus, em Genebra.

Leia mais: Britânico diz ter se curado de coronavírus tomando uísque com mel

Durante dois dias, cerca de 400 cientistas discutirão diversos meios de enfrentamento contra a epidemia , especialmente quanto a sua transmissão e aos tratamentos possíveis.

— O que importa agora é deter a epidemia e salvar vidas. Podemos fazê-los juntos, com o apoio de vocês — disse Ghebreyesus.

    Veja Também

      Mostrar mais