O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou, nesta quarta-feira, que um novo caso de doença causa por coronavírus em São Paulo aguarda o teste definitivo. Ainda de acordo com o ministro - em entrevista à colunista Vera Magalhães - a contraprova é necessária por protocolo, uma vez que o primeiro teste foi realizado em um laboratório ainda não credenciado. 

Leia mais: OMS alerta para esgotamento de equipamentos de proteção contra coronavírus

família arrow-options
Agência Brasil/Fernando Frazão
Novo caso de coronavírus no Brasil deve ser confirmado em breve

Não há informações sobre o sexo ou idade do possível infectado. Sobre os laboratórios credenciados para a realização do teste para coronavírus , o ministro acrescentou que novos nomes devem ser incluídos em breve, com pelo menos um laboratório habilitado por Estado. 

Caso o resultado leve à confirmação do novo caso de coronavírus no Brasil, o paciente deve seguir observado e isolado em casa, conforme protocolo seguido pelos outros dois pacientes do mesmo caso. 

Desde o início do monitoramento dos casos do novo coronavírus no Brasil, 240 já foram descartados. Na último terça-feira (03), porém, houve a  inclusão dos Estados Unidos na lista de alerta para viagens. O país norte-americano já registrou 91 casos e seis mortes.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, os pacientes só devem procurar atendimento médico quando apresentarem mais de três sintomas do novo coronavírus . A ida aos postos de saúde ou hospitais sem ter os sintomas não é recomendado pelo secretário.

    Veja Também

      Mostrar mais