O número de mortos por coronavírus na Itália aumentou em 250 em 24 horas. Segundo o boletim divulgado nesta sexta-feira pelo Ministério da Saúde italiano, 17.660 pessoas foram diagnosticadas com Covid-19 desde quando a doença chegou ao país. De quinta para sexta-feira, houve um aumento de 2.547 no total de confirmações.

Leia também: OMS declara Europa como novo epicentro de pandemia do coronavírus

teste positivo de coronavírus
shutterstock
A Itália é o segundo país com mais casos de coronavírus no mundo

O país é o segundo com mais casos no mundo, atrás apenas da China. Do total de infectados, 1.266 morreram e 1.439 estão curados. Atualmente, 7.426 pacientes estão hospitalizados com sintomas, 1.328 estão em terapia intensiva, e 6.201 estão em isolamento domiciliar.

A maior parte dos casos se concentra no Norte do país, nas regiões da Lombardia, cuja capital é Milão, Emília-Romanha, cuja capital é Bolonha, e Vêneto, cuja capital é Veneza.

Nesta sexta-feira, a Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que a Europa é o novo epicentro da pandemia do novo coronavírus.

Leia também: Rio e São Paulo têm transmissão comunitária de coronavírus

De acordo com o chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, que falou nesta sexta-feira em uma videoconferência, os casos registrados no continente "já superam a soma de todos os outros países do mundo, com exceção da China".

Entre os 10 países com mais casos, sete estão na Europa. Depois da Itália, a Espanha é a quinta, com 4.334, e a Alemanha está no sexto lugar, com 3.156, seguida pela França, com 2.882.

    Veja Também

      Mostrar mais