O novo coronavírus (Covid-19) tem sintomas semelhantes a outras síndromes como resfriado e gripe. Por isso, muitas vezes pacientes podem se confundir em relação à sua condição, o que pode gerar problemas, minimizando um cuidado necessário à prevenção contra a pandemia que assola o mundo e o Brasil.

Leia mais: Proteção contra coronavírus: máscaras são a melhor escolha? 

espirro
shutterstock
Saber identificar os sintomas de cada doença é fundamental na hora de buscar ajuda

Para esclarecer as diferenças, o Ministério da Saúde elaborou materiais de divulgação explicando cada uma das síndromes e como os sintomas se manifestam.

No caso da febre, por exemplo, a ocorrência dela é comum em casos de Covid-19 e de gripe, mas rara em resfriados. Apesar disso, é importante destacar que a febre baixa também é considerada um sintoma da doença causada pelo novo coronavírus. 

Os espirros são comuns em resfriados, mas raros tanto em gripes quanto em Covid-19. O nariz entupido aparece frequentemente em resfriados, às vezes em gripes e, raramente, em casos do novo coronavírus. A dor de cabeça é rara em resfriados, comum em gripes e pode surgir em infecções pelo novo coronavírus .

Quando uma pessoa estiver com mais de dois  sintomas correspondentes à Covid-19, é importante seguir as orientações do Ministério da Saúde  e procurar um posto de saúde para obter orientação médica quanto às medidas. Por outro lado, é fundamental lembrar que os testes não devem ser feitos por mera curiosidade. 


Qual a relação entre a vacina da gripe e o covid-19? 

Após a escolha do Ministério da Saúde de antecipar a vacinação contra a gripe, muitas pessoas começaram a enxergar uma relação de imunidade entre o medicamento e a nova doença.

Apesar de ação representar uma das formas de  combate ao vírus no Brasil, a vacina contra a gripe não surte efeito para o coronavírus ou impede o covid-19 , que segue como uma doença distinta. 

A ação, porém, visa facilitar os diagnósticos clínicos do novo coronavírus. “Saber que a pessoa com suspeita da nova doença já tomou a vacina contra gripe facilita na identificação dos sintomas por eliminação”, explicou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários