mulher internada com ventilador
Jochen Sand/GettyImages/Creative Commons
Previsão do Ministério da Saúde é de crescimento maior no números de casos confirmados e mortes no mês de abril






Último balanço da  Covid-19 , divulgado neste sábado (27) pelo Ministério da Saúde, revela que o país alcançou nova marca de 1,3 milhão de casos. Foram 38.693 novas incidências em 24 horas, totalizando 1.313.667. Crescimento foi de 3%. A marca de 1,2 milhão foi atingida há apenas dois dias , na última quinta-feira (25).



O número de óbitos causados pela doença passou para 57.070, sendo que 1.109 foram registrados nas últimas 24 horas. O crescimento é de 2%. A taxa de letalidade registrada é 4,3%.

No último domingo (21), o Brasil registrava total de 1.085.038 casos do  novo coronavírus  (Sars-CoV-2). Ou seja, em uma semana, o número de casos desta semana epidemiológica foi de 228.629.


Nesta sexta (26), o Ministério da Saúde havia registrado 990 óbitos e 46.860 de casos em 24 horas . Até então, o Brasil tinha 55.961 mortes e 1.274.974 pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Vale lembrar que a contagem de casos realizada pelas Secretarias Estaduais de Saúde inclui pessoas sintomáticas ou assintomáticas; ou seja, neste último caso são pessoas que foram ou estão infectadas, mas não apresentaram sintomas da doença.

Ainda segundo os números divulgados, o país tem hoje 715.905 pessoas recuperadas da Covid-19, 540.692 em acompanhamento e 3.799 óbitos sob investigação.

Estados mais afetados

Os estados de São Paulo e Rio de Janeiro registram, respectivamente, 14.263 e 9.789 mortes por Covid-19. Mesmo liderando os números desde o início da pandemia e com curva ainda ascendente, os dois estados estão aderindo a planos de retomada econômica.

No entanto, o número de  mortes no estado de São Paulo aumentou cinco vezes apos início do plano São Paulo. Na cidade do Rio de Janeiro,  especialistas se preocupam com segunda onda com aumento em número de casos.

Os números de casos da Covid-19 no Brasil seguem distribuídos principalmente entre São Paulo (265.581), Rio de Janeiro (108.803), Ceará (106.628), Pará (99.313) e Maranhão (78.115).


    Veja Também

      Mostrar mais