Movimentação
Roberto Casimiro/Fotoarena/Agência O Globo
Três países são responsáveis por mais da metade dos casos confirmados

Nesta segunda-feira (10), dias após o Brasil se tornar o segundo país a ultrapassar a marca de 100 mil mortes causadas pela Covid-19 , o mundo atingiu uma nova marca nesta pandemia: agora, já são mais de 20 milhões de casos confirmados da doença em todo o planeta.

Segundo informações da World COVID-19 Stats, EUA, Brasil e Índia são responsáveis por mais da metade destes dados, somando atualmente pouco além da marca dos 10 milhões de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Líderes do ranking, os EUA atingiram o total de 5 milhões de casos no último domingo. O país vê a tendência de alta da doença, até mesmo entre as crianças , enquanto busca retomar as atividades normais da economia. Muitos estados, inclusive, já começam a reabrir as escolas, visando o início do próximo ano letivo, que ocorre no próximo mês.

Já no Brasil , que ocupa a segunda posição tanto no ranking de casos como no de mortes causadas pela doença , muitos estados seguem com a taxa de transmissão em alta, enquanto outros vão dando passos maiores na retomada das atividades econômicas.

Por fim, a Índia tem registrado um aumento diário de mais de 65 mil casos, o que já começa a aproximar o país dos números brasileiros e mostra que, caso a situação se mantenha, os indianos poderão assumir a segunda posição na lista dos países mais atingidos.

Além destes, outras quatro nações já ultrapassaram a marca dos 400 mil casos: Rússia (890 mil), África do Sul (560 mil), México (480 mil) e Peru (478 mil). Tais números mostram que a expansão da Covid-19 segue forte na América Latina, atual epicentro da doença, e no continente africano.

Na análise sobre os óbitos, outros três países aparecem nas primeiras posições do ranking. Além de EUA, Brasil e México, estão presentes no Top 6 o Reino Unido e a Itália, ambos com mais de 35 mil mortes confirmadas.

    Veja Também

      Mostrar mais