Agência Brasil

Sala de aula com distanciamento entre as mesas nas salas
Roberto Moreyra / Agência O Globo
Escola no Rio de Janeiro se preparou para a volta às aulas com aumento do distanciamento entre as mesas nas salas

A volta às aulas no estado do Rio de Janeiro poderá ocorrer em 15 de setembro. A informação foi divulgada nesta terça-feira (18) pela Secretaria Estadual de Saúde. O município do Rio, que tem uma rede com 650 mil alunos nas escolas públicas, também anunciou que poderá retornar na mesma data.

A secretaria informou que, nos próximos 15 dias, será feito um planejamento completo para o retorno às aulas, baseado no acompanhamento epidemiológico da Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), que a pasta faz nas diferentes regiões do estado. Este plano levará em conta a total segurança tanto para os alunos quanto para os profissionais da educação.

Segundo nota divulgada pela secretaria, estão sendo preparados protocolos confiáveis e factíveis para a volta às aulas.

No dia 31 de agosto, será feita uma nova reunião na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) para que o plano seja apresentado e a data de retorno das aulas presenciais seja estabelecida para todo o estado, incluindo as redes pública e privada.

Cabe à Secretaria de Saúde a definição do momento de reabertura das escolas e dos protocolos de saúde e à Secretaria de Estado de Educação cuidar das condições em que cada escola poderá atender a esses critérios, em uma decisão conjunta.

Atualmente, quase todo o estado do Rio está na bandeira amarela, que estabelece a possibilidade da volta das aulas presenciais. Os protocolos vão determinar menos alunos dentro das salas de aula, o uso obrigatório de máscara, o distanciamento social, a rediscussão da distribuição da merenda escolar, o funcionamento das cantinas e o controle sorológico dos professores e dos alunos.

    Veja Também

      Mostrar mais