Coveiros enterrando corpo em cemitério
Fábio Motta/ Agência O Globo
Ritmo da pandemia continua acelerado no Brasil


O Brasil atingiu nesta quarta-feira (19) a marca de 111 mil mortes pela Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). De acordo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde , as vítimas nas últimas 24 horas foram 1.212, fazendo o total subir para 111.100.

Ainda segundo a pasta, os casos confirmados da doença no último dia foram 49.298. A quantidade de novos registros fez o total de pessoas contaminadas subir para 3.456.652 na contabilização feita desde o início da pandemia.

A informações do Ministério da Saúde são coletadas diretamente com as Secretarias Estaduais de Saúde. Os dados incluem pessoas sintomáticas e assintomáticas, o que significa dizer que, nesse último caso, são pacientes que foram ou estão infectadas, mas não apresentaram sintomas da doença.

Segundo o levantamento feito pelos veículos da imprensa, fechado às 20h, o Brasil registrou 1.170 óbitos nas últimas 24 horas. Foram notificados também 48.541 novos casos, totalizando 3,46 milhões de infectados no país.

As informações são coletadas por um grupo de veículos de comunicação, formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo. A iniciativa foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde.

Tabela de mortes e casos confirmados da Covid-19
Divulgação/Ministério da Saúde
Tabela de mortes e casos confirmados da Covid-19

No último levantamento da pasta, divulgado nesta terça-feira (18), a pasta registrou 1.352 óbitos e 47.784 casos em 24 horas. Até então, o Brasil tinha 109.888 mortes e 3.407.354 pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

O ranking de número de mortos segue liderado pelo estado de São Paulo, que tem 27.591 óbitos causados pela Covid-19. O Rio de Janeiro continua em segundo lugar, com 14.913 mortes, seguido por Ceará (8.241), Pernambuco (7.280) e Pará (6.015).

Os estados que registram maior número de casos são: São Paulo (721.377), Bahia (224.659), Rio de Janeiro (202.993), Ceará (201.201) e Pará (182.231).


    Veja Também

      Mostrar mais