governador João Doria
Reprodução
“Não há competição pela vacina, há competição pela vida", afirmou Doria


Nesta quarta-feira (26), o governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que 45 milhões de doses da  CoronaVac estarão disponíveis para imunização no mês de dezembro. 



Anúncio foi feito em coletiva realizada na tarde de hoje no Palácio dos Bandeirantes. O governador já chegou a afirmar que a  produção deve começar em novembro .

Segundo Doria, a previsão é de que os testes clínicos da CoronaVac sejam concluídos entre outubro e a primeira quinzena de novembro. A previsão é de que em dezembro esteja disponíveis 45 milhões de doses para imunização de brasileiros.

O governador afirma que o prazo dado já conta com a ressalva necessária para a aprovação da vacina, caso os testes da 3ª fase sejam concluídos como esperado, e de licenciamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com Doria, a distribuição da vacina acontecerá pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O governador também afirmou que “não trabalha para ter a vacina de São Paulo, mas a vacina do Brasil”. “A CoronaVac será disponibilizada para todos os brasileiros, não apenas para os brasileiros de São Paulo”, pontuou Doria.

“Não há competição pela vacina, há competição pela vida. Essa é a prioridade”, acrescentou Doria.

    Veja Também

      Mostrar mais