Coveiro com roupa impermeável em cemitério Nossa Senhora Aparecida%2C em Manaus
Alex Pazuello/Prefeitura de Manaus
Apesar de controlada no estado, a Covid-19 ainda atinge com mais força São Paulo

O Brasil registrou mais 922 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, fazendo o total subir para 119.571, segundo balanço divulgado nesta sexta-feira (28) pelo Ministério da Saúde. A alta corresponde a um crescimento de 0,8%.

De acordo com a pasta, os novos casos confirmados de Covid-19 são 51.214, totalizando 3.812.605. O aumento foi de 1,4%. Já a taxa de letalidade ficou em 3,1%.

As informações do Ministério da Saúde são coletadas diretamente com as Secretarias Estaduais de Saúde. Os dados incluem pessoas sintomáticas e assintomáticas, o que significa dizer que, nesse último caso, são pacientes que foram ou estão infectadas, mas não apresentaram sintomas da doença.

Já de acordo com levantamento pelo consórcio de veículos de imprensa, o País registrou 868 mortes nas últimas 24 horas, chegando ao total de 119.594 óbitos. A média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias ficou em 877 óbitos. Comparado aos últimos 14 dias, houve uma queda de 9%.

Em casos confirmados, os novos registros foram 44.170, totalizando 3.808.663  desde o início da pandemia. A média móvel de casos foi de 38.882 por dia, uma variação de -11% em relação aos casos registrados há duas semanas.

Tabela de mortes e casos confirmados da Covid-19 no Brasil
Divulgação/Ministério da Saúde
Tabela de mortes e casos confirmados da Covid-19 no Brasil

Na quinta-feira (27), o número de óbitos era 118.649, enquanto o de pessoas com a doença era de 3.761.391.

São Paulo continua sendo o estado que tem mais mortes, com 29.694 das 119.571 ocorrências. A letalidade é de 3,7% no estado. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 15.926 mortes e letalidade de 7%.

No quadro de casos confirmados, São Paulo também lidera a lista. O estado tem 796.209 pessoas infectadas pelo coronavírus. Em segundo lugar vem a Bahia, com 250.977 vítimas de contaminação, sendo seguido por Rio de Janeiro (227.000), Ceará (212.484) e Minas Gerais (209.465).

O estado menos afetado é o Acre, que tem registro de 608 mortes e soma 24.462 casos confirmados de contaminações pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.


    Veja Também

      Mostrar mais