Mike Ryan, diretor de emergências da OMS
Reprodução Globonews
Mike Ryan, diretor de emergências da OMS

Em coletiva realizada nesta segunda-feira (7), a Organização Mundial da Saúde declarou não ser a favor da imposição da imunização contra a Covid-19. A vacinação já começou em alguns países e enfrenta onda negacionista .

De acordo com Mariângela Simão, vice-diretora da organização, a melhor estratégia é trabalhar em campanhas de conscientização para que a população tome uma "decisão informada".

Segundo Michael Ryan , diretor de emergências da OMS, a vacina é fonte de esperança. "Precisamos trazer as pessoas nessa jornada, conversar, convencer e dialogar", defende.

Ryan disse também que, quando as vacinas estiverem disponíveis para toda a população, as pessoas entenderão que "a imunização será um ato de responsabilidade ". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários