Vacina da moderna é a segunda aprovada nos EUA
Reprodução: BBC News Brasil
Vacina da moderna é a segunda aprovada nos EUA

A FDA, agência reguladora dos Estados Unidos equivalente à Anvisa, aprovou nesta sexta-feira (18) o uso emergencial, para maiores de 18 anos, do imunizante contra a Covid-19 produzido pela empresa Moderna

Ontem, um comitê científico já havia acenado de forma favorável à aprovação da vacina, por 20 votos a favor e nenhum contra, além de uma abstenção. A vacina ainda depende de da aprovação do CDC (Centro e Controle de Prevenção de Doenças) para começar a ser distribuída.

Assim como a vacina da Pfizer-BioNtech, que já é aplicada emergencialmente nos EUA, a vacina da Moderna também utiliza moléculas de mRNA (ácido ribonucléico mensageiro) para fazer com que as células humanas gerem a espícula do coronavírus e, assim, evitar que o coronavírus grude.

No entanto, as duas empresas usaram uma formulação ligeiramente diferente que resultou em requisitos diferentes de armazenamento refrigerado: -70°C para a Pfizer; -20°C para Moderna.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários