Doria critica Ministério da Saúde: 'É o samba do Ministério Louco'
Reprodução: ACidade ON
Doria critica Ministério da Saúde: 'É o samba do Ministério Louco'

Durante coletiva na tarde desta quarta-feira (24), o governador de São Paulo, João Doria, ironizou o Ministério da Saúde por causa das orientações divergentes sobre a vacinação no país. Na semana passada, a pasta havia indicado que estados e municípios não precisavam reservar a segunda dose das vacinas contra Covid-19. Agora essa determinação mudou.

Doria, ao ser perguntado sobre o tema, comentou: "Não resisto a fazer um comentário bem-humorado. É o samba do Ministério Louco. É um ministério que informa em um dia, pelo seu Ministro, que vai privilegiar a primeira dose em detrimento da segunda dose. E o mesmo Ministério, 72 horas depois, volta atrás. Vamos acreditar em quem? No Ministro ou no Ministério? É o samba do Ministério louco", afirmou.

E complementou: "Num dia tem uma posição, no outro dia tem outra. Num dia tem vacina, outro dia não tem. Num dia tem seringa, no outro quer interditar estados que têm. É difícil administrar assim", reclamou Doria.

O Secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, tinha afirmado, na segunda-feira (22), que estava esperando um posicionamento oficial do Ministério sobre o assunto. Hoje ele afirmou que a mudança não causou qualquer problema para o cronograma da vacinação em São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários