Fila para UTI chega a 230 pacientes em hospitais públicos de São Paulo
BBC/Getty Images
Fila para UTI chega a 230 pacientes em hospitais públicos de São Paulo

A fila por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em hospitais públicos na cidade de São Paulo para tratar a Covid-19 chegou a 230 pessoas nesta quarta-feira (3). Ainda há outras 220, com sintomas menos graves, esperando internações em enfermarias. A informação foi publicada na coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

A coluna recebeu a informação do secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido. Os pacientes na fila estão sendo encaminhadas ao tratamento intensivo de acordo com vagas que surgem. Ou seja, só quando outros pacientes saem da UTI, outros podem entrar.

Nesta quarta-feira (3), o governador João Doria (PSDB)  anunciou, durante coletiva de imprensa, q ue o estado de São Paulo vai entrar na fase vermelha do Plano SP por conta do aumento no número de casos e internações graças à Covid-19. Além disso,  o governador disse que serão abertos 500 novos leitos de UTI no estado.

A situação na capital é crítica, tanto na rede pública quanto privada de saúde. O Hospital Israelita Albert Einstein registrou, nesta terça-feira (2), ocupação de 99% de seus leitos. O hospital bateu o recorde de internações por Covid-19 na terça-feira, com 162 pacientes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários