Maioria dos estados brasileiros está com mais de 80% de leitos de UTI ocupados
Rogerio Santana/Governo do Rio de Janeiro
Maioria dos estados brasileiros está com mais de 80% de leitos de UTI ocupados

A Justiça de Santa Catarina negou o pedido feito por um paciente com Covid-19 para que ele fosse internado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em sua decisão, o desembargador Júlio César Machado Ferreira de Melo disse que não aceitou o pedido por existir chances de que outras pessoas estarem em situações piores do que esse paciente.

"A interferência do Poder Judiciário neste momento de notória ausência de leitos em todo nosso Estado e nos Estados vizinhos poderia atingir outras pessoas que estejam na mesma situação ou pior do que o agravante", escreveu Melo.

O magistrado afirmou ainda que o estado vive o "auge da pandemia" e um "colapso na saúde pública", sem vagas nas redes pública e privada.

O paciente com Covid afirmou que precisava com urgência de um leito de UTI para tratar a doença. "A pandemia vem atingindo o país e o mundo de forma avassaladora", completou o desembargador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários