A eficácia da vacina Sputnik V é de 91% segundo a Rússia.
Divulgação/Sputnik Vaccine
A eficácia da vacina Sputnik V é de 91% segundo a Rússia.

A União Química, laboratório responsável pela produção da vacina Sputnik V , se reuniu com integrantes da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) nesta quarta-feira (15). Segundo apuração da CNN Brasil , nenhum documento foi entregue e, portanto, não foi feito pedido para uso emergencial da vacina no Brasil.

Em nota, a Anvisa confirmou reunião com a farmacêutica e, também, com representantes do fundo russo responsável pela vacina. A agência diz que foram entregues alguns dados, mas não o relatório oficial.

A Anvisa e a farmacêutica devem se reunir na próxima segunda-feira (22) para, aí sim, receber os documentos restantes e o pedido para aplicação da vacina no Brasil.

Mesmo sem aprovação, o  Governo Federal já adquiriu 10 milhões de doses da vacina russa contra Covid-19.

Governadores de estados do Nordeste também anunciaram a compra de 37 milhões de doses do imunizante . Quando aprovadas pela Anvisa, as doses serão integradas ao Plano Nacional de Imunização.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários