Butantan quer adiantar entrega de 100 milhões de doses da CoronaVac; entenda
Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
Butantan quer adiantar entrega de 100 milhões de doses da CoronaVac; entenda

diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou, nesta quarta-feira (7), que gostaria de adiantar a entrega das 100 milhões de doses da CoronaVac acordadas entre o instituto e o Ministério da Saúde. Para isso, ele declarou, entretanto, que é necessário haver um aumento no número de insumos que chegam da China.

"Nós estamos aguardando a chegada de mais matéria prima da China nos próximos dias para iniciar a fase final deste contrato de 46 milhões de doses e já iniciar o outro contrato de 54 milhões de doses com o Ministério da Saúde (...) estamos aguardando a chegada de 6 mil litros de insumos que vão orginar 10 milhoes de doses de vacinas", afirmou o diretor. 

Ele ainda disse que "essa chegada de insumos estava prevista para chegar essa semana mas houve um atraso e nós aguardamos para a proxima semana (...) é importante dizer que estamos trabalhando para que esse cronograma seja mantido e até adiantado... o que nós queremos é aumentar a produção e aí, quem sabe, adiantar a entrega dos 100 milhões (de vacinas) que estava previsto para agosto (...) se possível, gostaríamos de adiantar para o final de julho", completou Dimas Covas. 

Ele afirmou ainda que todos os esforços necessários estão sendo feitos pelo governo de SP, junto ao laboratório chinês Sinovac, para acelerar a entrega dos insumos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários