Marcelo Queiroga, ministro da Saúde
Tony Winston/MS
Marcelo Queiroga, ministro da Saúde

 O ministro da Saúde Marcelo Queiroga negou nesta sexta-feira (9) ter feito discurso contra a decretação de um lockdown nacional durante um jantar realizado na última quarta (9) com a presença de empresários e do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em São Paulo.

Segundo informações da Folha de S.Paulo, o médico teria dito em discurso que não adiantaria instaurar um lockdown no país, pois a população não cumpriria as ordens de restrição.

"Não dei declaração nenhuma. Estava lá em um jantar com empresários e tivemos uma conversa muito amena, toda no sentido de favorecer o Brasil”, declarou Queiroga durante visita à Fiocruz, que fabrica as vacinas da Oxford contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), no Rio de Janeiro nesta sexta (9).

Todavia, apesar de negar ter discursado contra o isolamento , o responsável pela pasta evitou usar o termo “lockdown” ao tratar do tema: "Essa questão de fechamento maior depende da realidade de cada município”, afirmou.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários