Covid: Governo de SP antecipa vacinação a grupo da educação
Reprodução: ACidade ON
Covid: Governo de SP antecipa vacinação a grupo da educação


Acontecerá, neste sábado (5), o Dia D para aplicar a segunda dose das vacinas contra a Covid-19 em quem não compareceu novamente aos postos nos prazos indicados. O prazo entre a primeira e a segunda dose sa CoronaVac, do Instituto Butantan, é de 28 dias para a CoronaVac. Da Astrazeneca, da Fiocruz, é de 12 semanas.

"Iremos fazer uma grande ação de apoio aos municípios para que possam, além de aplicar a segunda dose, realizar a digitação e atualização das vacinas que por ventura os pacientes podem ter sido imunizados e não registrados na plataforma Vacivida", afirmou Regiane de Paula, coordenadora do Plano Estadual de Imunização (PEI).

A ação é feita tendo em vista que um grande número -- mais de 400 mil pessoas -- não completaram o esquema vacinal, que é composto pelas duas doses da vacina. Em parceria com os municípios, mais de 5 mil pontos de vacinação no estado estarão abertos das 7 às 18h.

Segunda dose em atraso

Segundo um levantamento atualizado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta quarta-feira (2), 442 mil pessoas estão com a segunda dose em atraso -- 172 mil delas tomaram o imunizante da Fiocruz e 270 mil do Butantan.

Apesar de ainda ser um número alto, no último balanço, feito em 28 de maio, ele era ainda maior. Na ocasião, eram mais de 501,6 mil faltosos, de acordo com o balanço.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários