Covid-19: Butantan atinge 50 milhões de doses da CoronaVac enviadas ao PNI
Foto: Eduarda Esteves/iG
Covid-19: Butantan atinge 50 milhões de doses da CoronaVac enviadas ao PNI

Com a entrega de mais 1 milhão de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde nesta quarta-feira (16), o Instituto Butantan atingiu a marca de 50 milhões de vacinas entregues ao Plano Nacional de Imunizações (PNI). O imunizante é produzido em parceria com o laboratório SinoVac.

A previsão do governo de São Paulo, a que o instituto é vinculado, é de entregar outras 50 milhões de doses, totalizando 100 milhões, até 30 de setembro.

"É a metade do compromisso estabelecido pelo Butantan com o Ministério da Saúde, de 100 milhões de doses. E vamos prosseguir com as entregas", destacou Doria.

Na próxima sexta-feira (18), quando está prevista a liberação de outras 2,2 milhões de doses da CoronaVac, o governador João Doria (PSDB) deve confirmar a data da chegada de um lote de 6 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) vindos da China. A quantia é suficiente para a produção de 10 milhões de doses e está prevista para desembarcar no Brasil em 28 de junho.

Você viu?

Escalonamento da vacinação em São Paulo

Doria, que participou de liberação do lote do Butantan nesta quarta-feira (16), afirmou que o escalonamento da vacinação para pessoas entre 50 e 59 anos na cidade de São Paulo foi pedida pelo prefeito, Ricardo Nunes. O objetivo da prefeitura é evitar a formação de filas nos postos de saúde já que esse grupo, segundo Doria, tem o maior volume de pessoas na capital paulista.

A prefeitura de São Paulo divulgou na última terça o novo calendário de vacinação contra a Covid-19 com datas estendidas para essa faixa etária.

"O escalonamento melhora o conforto, a funcionalidade e a previsibilidade da população. Não vejo nenhuma razão para problemas em outras cidades que desejarem escalonar a sua vacinação dentro do critério onde a data que se inicia a vacinação naquela faixa etária seja a mesma para todos", declarou o governador.

Veja as entregas de doses ao Ministério da Saúde em 2021:

  •  Janeiro: 8,7 milhões
  •   Fevereiro: 4,583 milhões
  •   Março: 22,7 milhões
  •   5 de abril : 1 milhão
  •   7 de abril : 1 milhão
  •   12 de abril : 1,5 milhão
  •   14 de abril: 1 milhão
  •   19 de abril: 700 mil
  •   22 de abril: 180 mil
  •   30 de abril: 420 mil
  •   6 de maio: 1 milhão
  •   10 de maio: 2 milhões
  •   12 de maio: 1 milhão - totalizando as 46 milhões do primeiro contrato
  •   14 de maio: 1,1 milhão
  •   11 de junho: 800 mil
  •  14 de junho: 1 milhão
  •  16 de junho:1 milhão

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários