Vacina da Janssen chega a São Paulo
Divulgação/Secretaria Municipal da Saúde
Vacina da Janssen chega a São Paulo


Vacinada com as duas doses da vacina CoronaVac, uma médica burlou o sistema para receber uma terceira dose, essa da Janssen. O caso aconteceu em Rio Branco, capital do Acre, e foi confirmado pela Semsa (Secretaria Municipal de Saúde) ao UOL.

Leia também:  Vacinada com CoronaVac, veterinária frauda sistema e recebe 3ª dose da Janssen

A infração foi descoberta na terça-feira (6) e deverá ser levada ao Ministério Público e aos órgãos de controle "para instaurar os devidos procedimentos legais, pois trata-se de crime contra o patrimônio publico e que coloca em risco a vida, já que não tem estudos que apontem nessa direção".

"Sendo uma pessoa instruída sobre o perigo de fazer o cruzamento de vacinas sem estudos e sem recomendação do Ministério da Saúde, a profissional não poderia burlar o sistema para tomar uma terceira dose da vacina, agora da Janssen, sendo assim um péssimo exemplo para a sociedade", disse também o comunicado da Semsa.

A médica recebeu a primeira dose da CoronaVac em 26 de janeiro; a segunda dose da vacina foi dada em 24 de março. Mesmo assim, a profissional da saúde procurou novamente os postos de saúde para receber uma terceira e única dose da Janssen.

Além da médica, outras duas pessoas foram identificadas ao tentarem burlar a campanha de vacinação, informou a secretaria. Elas, no entanto, foram identificadas por meio de aplicativo e removidas das filas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários