São Paulo identifica dois casos da variante Delta no interior do estado
Reprodução/FreePic
São Paulo identifica dois casos da variante Delta no interior do estado

Dois pacientes do interior de São Paulo foram diagnósticados com a variante Delta do novo coronavírus. Ambos vivem no Vale Paraíba e não possuem registro de viagem, o que indica que foram contaminados no estado.

No dia 5, a Prefeitura de São Paulo já havia confirmado um caso da variante Delta na capital. Os pacientes identificados agora são um homem de 44 anos da cidade de Pindamonhagaba. A outra é uma mulher de 30 anos de Guaratinguetá.

As identificações foram feitas pelo Instituto Butantan por meio de sequenciamento genético. O homem de Pindamonhangaba começou a apresentar os sintomas no dia 28 de junho.

Teve febre, tosse e problemas de olfato e paladar. Ele não precisou de internação. Segundo o Butantan, o seu exame de PCR foi realizado no dia 30 e, a partir de então, o paciente fez isolamento social.

A mulher de Guaratinguetá também teve caso leve, com tosse, coriza e dor muscular. Os sintomas também começaram no dia 28 de junho. A confirmação da Covid-19 saiu no dia 30.

O Instituto Butantan informou que notificou a Secretaria de Estado da Saúde para as ações de vigilância, que notificou Vigilâncias Epidemiológicas dos municípios para monitoramento dos casos e contatos.

Você viu?

Além do paciente da capital e dos novos casos do interior, São Paulo havia identificado um outro caso da variante delta importado de Campos dos Goytacazes, no Rio.

Aina de acordo com o Butantan, foram encontrados em São Paulo 685 casos autóctones (tramissão local) das quatro variantes consideradas de atenção pelas autoridades sanitárias devido à possibilidade de aumento de transmissibilidade ou gravidade da infecção. São: três de Delta, três de Beta, 39 de Alpha e 640 de Gamma.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários