Mais de 90% dos hospitais privados de SP não tiveram aumento de internações
BBC/Getty Images
Mais de 90% dos hospitais privados de SP não tiveram aumento de internações




93% dos hospitais privados do estado São Paulo informaram não ter registrado aumento de internações por Covid-19 nos últimos dez dias. O dado faz parte do levantamento organizado pelo SindHosp ( Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do estado de São Paulo).

Ao todo, 74 hospitais responderam aos questionamentos para a pesquisa, 26% deles na capital paulista e 74% do interior. De acordo com o SindHosp, ao todo foram contabilizados 2.818 leitos de UTI e 6.254 leitos clínicos voltados para tratamento da doença.

Você viu?

Ainda segundo o levantamento, caiu para 12% a porcentagem de hospitais com mais de 80% de ocupação de leitos de UTI para a Covid-19. Na última pesquisa, feita entre os dias 28 de junho e 2 de julho, ao menos 62% dos hospitais registravam índices maiores do que 80%. 61% dos hospitais disseram ter ocupação de leitos entre 71% e 80%.

Menos leitos clínicos estão sendo utilizados para tratamento da Covid-19. A pesquisa indica que apenas 6% dos hospitais afirmaram terem mais de 80% dos leitos de enfermaria ocupados. Na primeira pesquisa, esse índice estava em 56%.

À Healf Care, do Grupo Mídia, o médico Fransciso Balestrin, presidente do SindHosp, disse que isso fez com que também caísse o cancelamento de cirurgias eletivas e que os hospitais pudessem atender mais casos que não tivessem a ver com a Covid-19.

"Hoje 27% dos hospitais relatam corte de até 50% das cirurgias eletivas, sendo que na pesquisa anterior, realizada há 15 dias, eram 68% dos hospitais que informavam cancelamento de até 50% das mesmas. Esse dado pode indicar que está havendo um movimento de retomada dos atendimentos não Covid-19 nos hospitais. Resultado, sem dúvida, do avanço da vacinação".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários