Fim da pandemia pode estar próxima no Reino Unido
Igor Shimabukuro
Fim da pandemia pode estar próxima no Reino Unido


Segundo declaração do epidemiologista do Imperial College, Neil Ferguson, nesta terça-feira (27), o fim da pandemia pode estar próximo para o Reino Unido. "Não estamos completamente livres, mas a equação fundamentalmente mudou", explicou Ferguson à BBC.

"O efeito das vacinas tem sido enorme na redução do risco de internações e mortes e acho, tenho certeza, que até o fim de setembro ou outubro a maior parte da pandemia terá ficado para trás", afirmou o epidemiologista.

Dados britânicos revelam que mesmo com o surto recente de infecções pela Covid-19 no começo de julho, quando o número de pacientes com a doença nos hospitais do Reino Unido cresceu para 5.238, não houve um grande aumento de mortes. Por isso, o primeiro-ministro, Boris Johnson, decidiu retirar as restrições na Inglaterra em 19 de julho.

Segundo informações da Reuters, a aposta de Johnson, no entanto, pode ser prejudicada pelo possível surgimento de variantes capazes de resistir às vacinas, ou até mesmo muitas pessoas doentes sobrecarregando o sistema de saúde. 

Até outubro, o Reino Unido "ainda terá a Covid-1 conosco, ainda teremos pessoas morrendo de Covid-19, mas teremos deixado o grosso da pandemia para trás", explicou Ferguson.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários