Jovens tentarão convencer idosos a se vacinar na Hungria
Reprodução: ACidade ON
Jovens tentarão convencer idosos a se vacinar na Hungria


A Hungria deve começar já na próxima semana uma campanha para que os estudantes universitários da área da saúde visitem  cidadãos com mais de 60 anos que não querem se vacinar. Segundo informações do jornal Folha de S.Paulo, os próprios alunos a partir do quinto ano poderão aplicar as injeções.

A Hungria tem 58,3% da população vacinada com ao menos uma dose, e 55,96% já receberam as duas doses. O país registra 809 mil casos e 30 mil mortes pela Covid-19, segundo dados obtidos pela Universidade Johns Hopkins. 

O governo da Hungria anunciou nesta quarta-feira (28) uma terceira dose da vacina para todos os que tiverem sido completamente vacinados a pelo menos quatro meses. A ação pretende reforçar a imunidade dos mais idosos e vulneráveis, principalmente contra a variante Delta, que tem se mostrado mais contagiosa e está se disseminando no continente europeu.

Ainda não há evidências científicas suficientes para avaliar se o custo de uma vacinação de reforço compensa os benefícios. Alguns pesquisadores, no entanto,  apontam para uma queda no número de anticorpos após algum tempo do ciclo completo de vacinação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários