Wuhan, na China
Reprodução
Wuhan, na China

Nesta sexta-feira (6), a  China informou que está em seu número diário mais alto de novos pacientes infectados pela Covid-19 de um surto começado no final de julho. O agravamento da doença se deu, segundo autoridades, pelos focos mais recentes das variantes, principalmente da Delta, que é muito mais transmissível que as anteriores

De acordo com a Comissão Nacional de Saúde (NHC), nessa quinta-feira (5), o país relatou 124 novos casos confirmados, sendo 85 a mais do que o registrado no dia anterior. Além disso, 80 novas infecções foram confirmadas, 62 a mais do que o último relato.

De acordo com a CNN Brasil , os casos locais são decorrentes de uma disparada de infecções em Jiangsu, uma província do leste que confirmou mais 61 casos também nessa quinta, em comparação com 40 do dia anterior. Recentemente, as novas infecções têm surgido na cidade de Yangzhou, próximo do polo comercial de Xangai.

O vírus já se propagou em pelo menos 40 cidades desde quando os primeiros casos do surto atual foram detectados em Jiangsu, em Nanjing.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários