Enfermeira enchendo seringa com vacina contra a Covid-19 - Imagem ilustrativa
Reprodução/Allan Phablo/PMM
Enfermeira enchendo seringa com vacina contra a Covid-19 - Imagem ilustrativa

A SpiNTec, vacina brasileira desenvolvida pelo CTVacinas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), não será incluída neste ano no Plano Nacional de Imunização, o PNI. 

Em entrevista à CNN, o ministro da saúde, Marcelo Queiroga , disse que a pasta não conta com a inserção do imunizante para este ano. "É pouco provável que tenhamos tempo hábil para inclusão no PNI em 2021", relatou Queiroga.

Os estudos das fases 1 e 2 da SpiNTec chegaram no último sábado, 31, à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A autarquia fará uma análise considerando a proposta do estudo, o número de participantes e os dados de segurança obtidos até o momento nos estudos pré-clínicos realizados em laboratório e em animais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários