Sede da Anvisa
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Sede da Anvisa


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou nesta quinta-feira (12) que não há pendências em relação à liberação de lotes de vacina para distribuição. Desde o início da semana, há  reclamações a respeito de atraso nas entregas feitas pelo Ministério da Saúde.

Em nota, a pasta confirmou na quarta-feira que 6,9 milhões de doses estavam no centro de distribuição da pasta e afirmou que outras 3,3 milhões aguardariam trâmites por parte dos órgãos reguladores.

Você viu?

A nota da Anvisa diz que a agência tem analisado os lotes em questão de "horas" e aos finais de semana. A agência diz ainda que, muitas vezes, há documentações faltantes, como detalhamento do controle de temperatura da carga. "A Agência realiza reuniões permanentes com o Ministério da Saúde e estabeleceu fluxos exclusivos e prioritários para a importação de vacinas", diz o comunicado da Anvisa.

A cidade do Rio de Janeiro chegou a interromper a vacinação na quarta-feira e só retomará na sexta. Em nota, o Ministério da Saúde garantiu que 3,6 milhões de doses serão distribuídas aos estados a partir de sexta-feira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários