Covid-19: Cidade de SP vai antecipar 'xepa' da 2ª dose e vai reduzir intervalo
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Covid-19: Cidade de SP vai antecipar 'xepa' da 2ª dose e vai reduzir intervalo

A cidade de São Paulo vai abrir, na próxima segunda-feira (16), inscrições para a "xepa da vacina" para antecipar a 2ª dose contra a Covid-19. Além disso, o intervalo entre doses de três imunizantes serão reduzidos na cidade: Pfizer, CoronaVac e AstraZeneca.

Quem fizer a inscrição nas UBSs poderá ser chamado para tomar a 2ª dose da AstraZeneca ou Pfizer a partir de 60 dias da aplicação da 1ª dose. No caso da CoronaVac, o intervalo mínimo é de 15 dias.

Atualmente, o intervalo recomendado entre as aplicações das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca no Brasil é de três meses. Já o da CoronaVac é de 14 a 28 dias.

A antecipação foi implementada como estratégia para combater a variante Delta. No dia 23 de julho, o governador do estado, João Doria (PSDB), disse que a antecipação da 2ª dose das vacinas Pfizer e AstraZeneca seria uma possibilidade desde que houvesse estoque suficiente de imunizantes.

Antes da declaração de Doria, no entanto, a coordenadora do Plano Estadual de Imunização, Regiane de Paula, declarou que o estado não anteciparia a 2ª dose de vacinas com intervalo de até 12 semanas porque estudos científicos mostraram que a eficácia dos imunizantes seria menor.

"A estratégia que foi desenhada foi a de não antecipar a vacina da AstraZeneca, porque os estudos demonstram que, quanto mais tempo você tem, melhor a imunidade", disse Regiane de Paula na ocasião.

Você viu?

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários