Covid-19: Rio investiga se morador se vacinou 5 vezes e tentava tomar a 6ª vez
REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Covid-19: Rio investiga se morador se vacinou 5 vezes e tentava tomar a 6ª vez

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio de Janeiro está investigando se um morador conseguiu tomar cinco doses das  vacinas contra a Covid-19. O Blog do jornalista Edimilson Ávila, do portal G1, apurou que a pessoa foi a um posto no início desta semana para tentar receber sua sexta dose.

Uma investigação preliminar aponta que não se trata de erro de registro. O histórico de vacinação mostra segundas doses tomadas antes de primeiras e duas aplicações em menos de 15 dias de intervalo.

A reportagem do G1 teve acesso a carteira de vacinação do morador, que consta a seis doses das vacinas. Confira na sequência:

  • 12 de maio: 1ª dose da Pfizer;
  • 5 de junho: 2ª dose da AstraZeneca;
  • 17 de junho: 2ª dose da CoronaVac;
  • 9 de julho: 2ª dose da Pfizer;
  • 21 de julho: 1ª dose da CoronaVac;
  • Semana de 16 de agosto: tentativa da 6ª dose.

Enquanto uns tentam fraudar o sistema, o estado do  Rio começa a sentir os efeitos da variante Delta, que já preocupa autoridades locais por conta de sua maior transmissibilidade e agressividade.

A prefeitura de Teresópolis, na Região Serrana do estado, já registra 100% de ocupação na rede hospitalar do município. Com isso, sobe para sete o número de cidades no Rio de Janeiro que estão com todos os leitos de UTI Covid ocupados.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a taxa de ocupação tanto nos leitos de UTI quanto nos de enfermaria para pacientes com Covid-19 é de 100%, com todas as 49 vagas ocupadas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários