Homem sofre de condição rara e médicos não descobriram causa
Steve DiMatteo/Pixabay
Homem sofre de condição rara e médicos não descobriram causa

Um caso registrado nos Estados Unidos chamou atenção da  comunidade médica após a publicação de um artigo no Cureus Journal of Medical Science. Segundo o artigo, intitulado "A Curious Case of Rectal Ejaculation" (Um Caso Curioso de Ejaculação Retal), os médicos relatam a história de um paciente que, por dois anos, ejaculou e urinou pelo ânus.

Segundo o estudo de caso, o homem notou que algo poderia estar errado quando passou cinco dias com dor nos testículos, e observou uma quantidade razoável de urina e esperma saindo do reto.

O paciente de 33 anos procurou o hospital, e foi submetido a uma tomografia computadorizada da pelve. O diagnóstico foi que ele passava por um caso crônico de fístula retouretral, condição muito rara que forma uma nova relação entre a uretra e o reto. Quando acontecem, os casos estão entre as consequências de outras doenças, como câncer de próstata, retal, cirurgia ou traumas graves.

A nova condição fez com que ele ejaculasse pelo reto, e não teve sua causa esclarecido. O homem nega que tenha feito alguma cirurgia, o que tenha passado por algum tipo de manipulação ou penetração retal.

Uma das hipóteses consideradas pela equipe médica é de algum trauma causado no passado, quando o homem permaneceu em coma por três anos, e até então não tinha apresentado qualquer tipo de sequela. O cateter usado para dreno da urina pode ter causado o tal desvio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários