Protesto organizado na Praia de Copacabana em junho pela ONG Rio de Paz, quando o país atingia os 500 mil mortos
Reprodução/ONG Rio de Paz
Protesto organizado na Praia de Copacabana em junho pela ONG Rio de Paz, quando o país atingia os 500 mil mortos

O Brasil superou as 600 mil mortes causados pela Covid-19. O índice foi atingido ainda durante a tarde desta sexta-feira (8), em dados apurados pelo Consórcio de Veículos de Imprensa, que reúne informações das secretarias estaduais de saúde. Por volta das 14h, o país já contabilizava 600.077 mortes e quase 22 milhões de casos. 

Às 18h, o boletim diário do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) confirmou a estatística. Com 615 registros nas últimas 24h, o país tem, até o momento, 600.425 vidas perdidas. No mesmo período, contabilizou-se mais 18.172 infecções, totalizando 21.550.730 desde o início da pandemia.

Além do país, apenas os EUA registraram tantos óbitos por causa da doença . A Índia, que possui o terceiro maior número de vítimas devido ao coronavírus, ainda não chegou às 500 mil mortes.

Desde o início de junho do ano passado, após uma confusão com os dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o Conass informa os dados referentes a pandemia da covid-19.

De acordo com o Johns Hopkins, 237.026.253 pessoas já se contaminaram com o novo coronavírus, e 4.838.494 foram a óbito.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários