Crianças de 0 a 15 anos poderão receber vacinas que estão atrasadas
shutterstock
Crianças de 0 a 15 anos poderão receber vacinas que estão atrasadas

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por orientação do Ministério da Saúde (MS), prorrogou a campanha de multivacinação para crianças e adolescentes, de 0 a 15 anos, até o dia 30 de novembro. O objetivo da campanha é atualizar a situação vacinal e diminuir a incidência de doenças imunopreveníveis. A imunização segue nas 469 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade.

Na primeira etapa da campanha, realizada de 1º a 29 de outubro, foram aplicadas um total de 336.719 doses. Foram atendidas 196.433 pessoas nas UBSs e o total de cadernetas atualizadas atingiu a marca de 136.533. Vale informar que um cidadão pode tomar mais de uma dose durante a vacinação.

As vacinas contempladas na campanha são: BCG, hepatites A e B, poliomielite, rotavírus, pentavalente (DTP+Hib+HB), pneumocócica, meningocócicas C e ACWY, febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, varicela, HPV e difteria/tétano.

A ação tem por objetivo, além de oferecer o acesso a esses imunizantes, atualizar a caderneta das crianças e adolescentes até 15 anos, aumentar as coberturas vacinais, e diminuir a incidência das doenças como difteria, coqueluche, poliomielite, sarampo, caxumba e meningite meningocócica, entre outras.

Mesmo que a caderneta de vacinação esteja completa, a SMS recomenda que os postos sejam procurados. Com o passar dos anos, algumas vacinas são atualizadas e uma nova aplicação é indicada. Um exemplo é a vacina meningocócica ACWY, que está disponível para adolescentes de 11 e 12 anos.

Para saber qual a UBS mais próxima de sua residência, basta acessar o Busca Saúde: http://buscasaude.prefeitura.sp.gov.br/.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários